Sobre

Somos um coletivo cultural formado por mulheres negras, que atua por meio da reflexão e prática acerca das particularidades e potencialidades do corpo negro.
O Manifesto Crespo tem como foco central a discussão sobre como o cabelo crespo pode e deve ser encarado de uma forma criativa, fazendo com que se desmistifique a ideia de que existe cabelo ruim. Nosso trabalho nasceu a partir de discussões sobre as diversas questões do universo da cultura afrobrasileira, suas produções artísticas e estéticas, buscando reconhecer seu valor e fortalecer a memória e a autoestima de mulheres negras, numa luta pelo resgate das nossas origens – uma vez que o Brasil conta com a maior população originária da diáspora africana.

A collective formed by Brazilian black women borned from discussions about black corporeality and aesthetics. The group Manifesto Crespo wants to promote the universe of black Brazilian aesthetic and also what refers to fashion and artistic production of curly hair, considering the relevant importance of those creations that brings an expressive contribution of the Africannes history about a people, keeping alive the African way to care and been related with hair.

Denna Hill

Pesquisadora e Arte-Educadora
Fascinada por música e arte, é psicóloga, pesquisadora, trancista e cantora. Há mais de dez anos atua como arte-educadora em projetos com recorte de gênero e raça, desenvolvendo atividades para todas as faixas etárias. Além de integrar o Manifesto Crespo desde seu início em 2012, atualmente Denna integra o Centro de Referência de Promoção da Igualdade Racial de Vila Maria Alta e Cidade Tiradentes.

Jully Gabriel

Comunicadora e Produtora Cultural
Jornalista e redatora, é também uma das gestoras da Tsika Cultural, uma produtora que apóia, incentiva e valoriza ações culturais de artistas independentes que utilizam a arte como ferramenta e instrumento de transformação sociocultural. No histórico da atuação estão produções artísticas para Caos do Subúrbio, Luana Hansen, Karol de Souza, Batalha da Estação e Manifesto Crespo.

Lucia Udemezue

Produtora e Arte-Educadora
Amante da música e da poesia, é cientista social, ativista em direitos humanos, consultora de políticas públicas na área de imigração, refúgio, relações de gênero e étnico-raciais. Pesquisadora de cultura popular, afrobrasileira e africana na área de antropologia. É colaboradora da revista O Menelick 2º Ato, do coletivo literário de mulheres negras Louva Deusas, curadora do Festival Afreaka e produtora Tsika Cultural.

Nina Vieira

Designer e Arte-Educadora
Nina é designer, fotógrafa e cenógrafa. Com experiência em projetos de identidade visual, editoriais e expográficos, na área da educação desenvolve oficinas de comunicação visual e relações étnico-raciais. Possui graduação em Design Gráfico e especialização em Desenho de Moda e Vestuário, Projeto de Modelagem e Técnicas de Palco. Dedica-se também ao coletivo Roda da Mãe Preta e à Tsika Cultural.

TRABALHARAM CONOSCO